Notícia

PLANEJAMENTO, GESTÃO E PATRIMÔNIO

Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio
Terça, 24 Fevereiro 2015 16:22
organização

Seplag reúne colaboradores em reunião de apresentação às normas de Gestão da Qualidade

Colaboradores das unidades Gestão e Planejamento conheceram o sistema de auditorias realizado com base na norma ISO 9001; Em breve, todos serão capacitados na metodologia.

Cursos serão oferecidos pela Escola de Governo e em breve terão o calendário divulgado Cursos serão oferecidos pela Escola de Governo e em breve terão o calendário divulgado (Foto: Ascom)
Texto de Shade Andréa Cavalcante

Aconteceu na manhã de terça-feira (24), no auditório da Unidade Planejamento da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), uma reunião de apresentação às normas de Gestão da Qualidade adotadas pela secretaria. O encontro reuniu colaboradores das unidades Gestão e Planejamento.

Coordenada pela superintendente de Modernização, Adriana Maia, a reunião foi uma introdução às regras da ISO 9001, um grupo de normas técnicas, que estabelece um modelo de gestão da qualidade para organizações em geral, qualquer que seja o seu tipo ou dimensão.

Para adequação à norma, os novos colaboradores da Unidade Planejamento e os da Unidade Gestão serão capacitados, inicialmente, na metodologia 5S – uma técnica de organização - e também em Auditoria de Gestão da Qualidade. Os cursos serão oferecidos pela Escola de Governo e em breve terão o calendário divulgado. 

“A adequação à norma ISO serve não só para melhorar o funcionamento de toda secretaria, mas também para melhorar o nosso ambiente de trabalho e a nossa vida. Carregamos o que aprendemos de Gestão de Qualidade conosco e implantamos em nossa casa. Então é um aprendizado maior, de como ser cada vez melhor”, afirma a superintende Adriana.

A adoção destes requisitos auxilia na melhoria dos processos internos e em uma maior capacitação dos colaboradores, através do monitoramento do ambiente de trabalho, em um processo contínuo de melhoria do sistema de Gestão, gerando maior eficiência no funcionamento da secretaria e também maior economia para o governo do Estado.