Notícia

PLANEJAMENTO, GESTÃO E PATRIMÔNIO

Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio
Segunda, 02 Março 2015 12:04
PIB

Seplag divulga estimativa trimestral do Produto Interno Bruto de AL

Dados antecipam variação econômica de setores essenciais da economia

Pesquisa aponta para um decréscimo significativo no setor de Agropecuária, com ênfase no abate de bovinos. Pesquisa aponta para um decréscimo significativo no setor de Agropecuária, com ênfase no abate de bovinos. (Foto:Reprodução)
Texto de Shade Andréa Cavalcante

A Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) divulga, nesta segunda-feira (3), os dados que compõem a Estimativa Trimestral do Produto Interno Bruto (PIB) para Alagoas. 

O índice acompanha o crescimento real da economia alagoana, por meio da evolução física de seus principais setores de atividade: Agropecuária, Indústria e Serviços, de modo a antecipar a variações econômicas de cada setor. A Estimativa aponta para um crescimento, no valor de 1,3%.

Na pesquisa, têm-se como base de comparação o terceiro trimestre, que corresponde aos meses de julho, agosto e setembro do ano de 2014, contra o igual trimestre do ano anterior, 2013.

O economista Roberson Leite, integrante da equipe de Diretoria de Estatística e Indicadores, que audita os resultados ressalta a importância do estudo. “Com a estimativa trimestral nossos gestores podem administrar melhor suas ações com base nos reflexos do mercado. Se fossem esperar pela publicação anual do IBGE, as ações seriam tomadas em disparidade com a realidade”, afirma o economista.

Apesar da pesquisa indicar crescimento neste trimestre, no valor de 1,3%, o estudo aponta para  decréscimo na Agropecuária e baixo rendimento na Indústria. A causa levantada para a queda foram as sucessivas crises nas atividades de lavoura e de abate de bovinos. Foi registrado também um leve aumento na Indústria, mesmo com as contratações em baixa na construção civil.

O setor de Serviços se manteve moderado, apresentando uma alta nos valores de Intermediação Financeira, que é referente às atividades bancárias de captação monetária, empréstimos e financiamentos. 

Ainda de acordo com o economista, a antecipação dos dados é chamada de estimativa, visto que a divulgação do relatório oficial do PIB brasileiro só é realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) uma vez ao ano e com uma defasagem na apuração correspondente a dois anos.