Notícia

PLANEJAMENTO, GESTÃO E PATRIMÔNIO

Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio
Quinta, 27 Dezembro 2018 14:40
EFICIÊNCIA

Projetos inovadores garantem otimização do serviço público em Alagoas

Utilização da tecnologia na máquina pública vem facilitando processos da administração pública e aprimorando atendimento no Estado

Plataformas simplificam oferta de serviços e aperfeiçoam diálogo entre Governo e sociedade Plataformas simplificam oferta de serviços e aperfeiçoam diálogo entre Governo e sociedade Minne Santos
Texto de Minne Santos e Igor Gouveia

Nos últimos anos, o Governo de Alagoas tem investido em diferentes projetos inovadores para garantir, cada vez mais, a eficiência da máquina pública e o avanço das ações que culminem na adoção do Governo Digital. O intuito é promover mais celeridade na administração dos trâmites do Executivo e, por consequência, facilidade na entrega dos serviços prestados à população alagoana.

O desenvolvimento de sistemas que trabalhem para otimizar os processos e procedimentos da coisa pública tem sido um dos grandes focos do Estado frente a essas demandas. O Sistema Eletrônico de Informações, mais conhecido como SEI, é um grande exemplo da busca constante pela eficiência na gestão.

Plataformas simplificam oferta de serviços e aperfeiçoam diálogo entre Governo e sociedade (Fotos: Minne Santos)

“Com a plataforma, o Governo tem conseguido promover celeridade nos trâmites processuais e reduzir custos com papel, combustível e carros. Além disso, o sistema, ao tornar os processos digitais, vem oferecendo mais transparência, rastreabilidade e segurança jurídica não só para a própria administração pública como também para a sociedade em geral”, explica o secretário titular da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), Fabrício Marques Santos.

Outro projeto que é resultado direto desse processo de inovação é o Sistema Integrado de Administração Financeira e Contábil de Alagoas (Siafe). Com mais objetividade, virtualidade e, principalmente, agilidade, o sistema tem facilitado todos os procedimentos de execução orçamentária e financeira do Estado. E, segundo o secretário, as ações de reconfiguração dos processos do Executivo não param por aí.

“Além desses dois projetos de grande impacto, outros também têm auxiliado no processo de transição para o Governo Digital. No âmbito da Seplag, contamos, por exemplo, com um sistema que auxilia na gestão patrimonial do Estado, trazendo mais controle do inventário do patrimônio e oferecendo praticidade no acompanhamento e transferência dos bens”, afirma.

Facilidade

Quando o assunto é a facilitação na entrega dos serviços à população, o Guia de Serviços (www.servicos.al.gov.br) vem como um grande projeto desenvolvido nesta gestão, que cataloga, em um só espaço, mais de 1.700 serviços prestados pelo Governo de Alagoas.

Plataformas simplificam oferta de serviços e aperfeiçoam diálogo entre Governo e sociedade (Fotos: Minne Santos)

“Com a ferramenta, o cidadão fica informado sobre os locais de atendimento, documentação necessária e demais informações que são imprescindíveis para promoção de um atendimento ágil. A Jaque, servidora virtual das Centrais Já! de Atendimento ao Cidadão, que também é um projeto recém saído do forno, vem para somar a esse contexto”, pontua o superintendente de Produção da Informação e do Conhecimento da Seplag, Thiago Ávila.

A assistente, que está disponível no site da Secretaria do Planejamento e no do Guia de Serviços, tira dúvidas sobre os serviços de forma automática, sem precisar do auxílio humano direto, o que acelera o atendimento e otimiza o tempo dos usuários e dos funcionários de todos os órgãos contemplados pelas Centrais. Além de informar, a Jaque já realiza atendimentos diretos no próprio bate-papo com os cidadãos, emitindo, durante a conversa com usuário, o documento de arrecadação do IPVA, por exemplo.

“Outros projetos feitos por órgãos de Governo também colaboram com esse contexto de inovação e simplificação na oferta de serviços. A Delegacia Interativa, que permite a realização do Boletim de Ocorrências de forma online, o Detran, que possui mais de 40 serviços digitais, a oferta de dados abertos da Nota Fiscal Eletrônica, que possibilita ao cidadão fazer uma pesquisa de preço via internet, o licenciamento ambiental virtual promovido pelo IMA configuram, também, exemplos dessa transição”, completa o superintendente.

De acordo com o secretário titular do Planejamento, Fabrício Marques Santos, a mudança de postura acompanha os avanços tecnológicos e proporciona uma reconfiguração do serviço público alagoano como um todo.

“O Governo de Alagoas tem buscado, ao máximo, aperfeiçoar a prestação de serviços no Estado e, para isso, não poderíamos ficar indiferentes às transformações que estão atreladas às propostas de um Governo Digital, que facilita o diálogo entre a administração pública e o cidadão. Temos investido e apostado, cada vez mais, em projetos simples, mas que trazem, sobretudo, verdadeiras mudanças ao dia a dia do serviço público e, principalmente, bons resultados para a população alagoana”, explica.