Notícia

PLANEJAMENTO, GESTÃO E PATRIMÔNIO

Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio
Terça, 21 Maio 2019 20:38
PLANEJAMENTO

Governo orienta técnicos para elaboração do PPA

Encontro, realizado na sede da Seplag, serviu para alinhar conhecimentos e diretrizes para o processo de desenvolvimento da peça orçamentária

Capacitação apresentou principais mudanças relacionadas ao documento Capacitação apresentou principais mudanças relacionadas ao documento (Foto: Minne Santos)
Texto de Minne Santos

A Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) reuniu técnicos dos órgãos e secretarias que fazem parte do Executivo para alinhar diretrizes referentes à elaboração do Plano Plurianual 2020-2023. A capacitação, que aconteceu nesta terça-feira (21), teve o intuito de otimizar o processo de priorização das ações a serem implementadas no governo de Alagoas nos próximos quatro anos.

Mediado pela Superintendência de Planejamento e Políticas Públicas (Suplan) da Seplag, o encontro contou com uma apresentação dos novos parâmetros que devem ser seguidos pelos órgãos no momento de elaboração da peça. Segundo o superintendente da área, Israel Lins, o processo, neste ano, trouxe mudanças que servem para tornar o PPA ainda mais estratégico.

rsz_capacitação_apresentou_principais_mudanças_relacionadas_ao_documento_3.jpg

“Desta vez, o nosso mapa estratégico, que direciona o planejamento do Estado, trouxe diretrizes que funcionam de modo a aperfeiçoar esse processo, tornando-o mais eficaz, mas também temos uma alteração muito importante que diz respeito à abrangência orçamentária. Antes, o PPA se restringia às despesas de investimento do Estado e, a partir de agora, ele vai conter todas as despesas em geral, fazendo com que o planejamento fique mais completo e fidedigno ao gasto público”, explica o superintendente.

De acordo com ele, o momento é imprescindível para que a administração pública alagoana como um todo consiga elaborar um planejamento cada vez mais alinhado às necessidades da população, sem deixar de levar em conta a realidade dos cofres públicos.

“Nosso intuito, por meio desses momentos, é reforçar a importância de priorizarmos o fomento do desenvolvimento de Alagoas com sustentabilidade e qualidade de vida e, principalmente, o bem estar do cidadão. Além disso, algo que também vem norteando os nossos trabalhos e que deve ser mantido nesses próximos anos é a tendência a tornar a gestão pública ainda mais transparente. Com todos os órgãos e secretarias alinhados em torno desses eixos, acreditamos que conseguiremos alcançar resultados ainda maiores para o estado”, afirma Israel.