Notícia

PLANEJAMENTO, GESTÃO E PATRIMÔNIO

Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio
Sexta, 18 Outubro 2019 15:44
BOM DESEMPENHO

Alagoas sobe duas posições no Ranking de Competitividade

Estado se destacou nos pilares de Inovação, Capital Humano, Sustentabilidade Social e Segurança Pública

Governador Renan Filho participou da solenidade em São Paulo com outros secretários Governador Renan Filho participou da solenidade em São Paulo com outros secretários (Foto: Márcio Ferreira)
Texto de Severino Carvalho

Alagoas subiu duas posições no Ranking de Competitividade dos Estados, em sua 8ª edição. Elaborado pelo Centro Liderança Pública (CLP), em parceria com a Tendências Consultoria Integrada e a Econimist Intelligence Unit, o estudo foi divulgado nesta sexta-feira (18), na sede da B3 (Bolsa de Valores), em São Paulo (SP). O levantamento possui 10 pilares e 69 indicadores que buscam mensurar o desempenho dos Estados em diferentes áreas.

“Essa é uma demonstração que os investimentos que o Estado vem fazendo melhoram a vida das pessoas e aumentam a competitividade de Alagoas. Órgãos de importância verificam isso e hierarquizam as boas práticas no Brasil, demonstrando que o nosso Estado está no caminho certo”, avaliou Renan Filho, que participou da solenidade em São Paulo.

O Ranking de Competitividade dos Estados tem como objetivo principal alcançar um entendimento mais profundo e abrangente das 27 unidades da federação, trazendo para o público uma ferramenta simples e objetiva para pautar a atuação dos líderes públicos brasileiros na melhoria da competitividade e da gestão pública dos seus estados.

Como resultado final, foram selecionados 69 indicadores, distribuídos em 10 pilares temáticos considerados fundamentais para a promoção da competitividade e melhoria da gestão pública: Infraestrutura, Sustentabilidade Social, Segurança Pública, Educação, Solidez Fiscal, Eficiência da Máquina Pública, Capital Humano, Sustentabilidade Ambiental, Potencial de Mercado e Inovação.

Com nota geral de 48,2, Alagoas subiu duas posições, de 16º para o 14º lugar, destacando-se em Inovação. Neste pilar, o Estado galgou 11 posições, estabelecendo-se no 10º lugar entre todas as unidades da Federação. Outros destaques foram: Capital Humano, com o avanço de sete posições e a 10ª colocação alcançada; Sustentabilidade Social, com a elevação de 6 posições e o 16º lugar atingido; e Segurança Pública, também com o avanço de seis posições e o 12º lugar conquistado.

Em 2018, Alagoas já havia protagonizado o maior salto no Ranking de Competitividade dos Estados, subindo oito posições no quadro geral: saiu da 24ª para a 16ª colocação.  

“Alagoas tem avançado muito nesse ranking que compara todos os Estados da Federação. O Estado sempre ocupou a última posição no estudo, era o lanterna até 2016. A partir de então, tem se movido nesse ranking como resultado da melhoria das políticas públicas implementadas pelo Governo do Estado”, recordou o secretário do Planejamento, Gestão e Patrimônio, Fabrício Marques, que também participou da solenidade em São Paulo.