Notícia

PLANEJAMENTO, GESTÃO E PATRIMÔNIO

Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio
Terça, 26 Dezembro 2017 13:59
FACILIDADE

Alagoanos podem consultar informações sobre mais de 600 serviços do Estado

Catálogo on-line auxilia na busca por dados necessários a quem procura atendimento junto à máquina pública

Serviço que mais vem tendo acessos no Guia é o da 2ª Via de Carteira Nacional de Habilitação Serviço que mais vem tendo acessos no Guia é o da 2ª Via de Carteira Nacional de Habilitação (Foto: Minne Santos)
Texto de Minne Santos

Modernizar cada vez mais o serviço público alagoano por meio de soluções criativas e de baixo custo é uma das metas do Estado. Um exemplo disso é o Guia de Serviços do Governo, plataforma on-line que vem facilitando a vida da população que busca uma mãozinha na internet quando o assunto é procurar informações sobre os atendimentos prestados pela máquina pública. E nesse sentido o Guia tem ajudado: é que, só neste ano, dados sobre mais de 600 serviços do Governo foram cadastrados no site e estão disponíveis para consulta.

A ferramenta, desenvolvida pela Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) e atualizada em parceria com diversos órgãos e instituições públicas, funciona como um catálogo de informações. Por meio de um layout intuitivo, o cidadão pode ter acesso a diversos dados sobre os mais variados serviços prestados pelo Estado de Alagoas. De acordo com o superintendente da Produção da Informação e do Conhecimento da pasta, Thiago Ávila, mais de 800 unidades de atendimento já fazem parte da plataforma.

“São cerca de 36 órgãos e entidades envolvidas nessa tarefa que é promover mais praticidade à vida do alagoano. O intuito do Guia é justamente acabar com a duplicidade de informações na internet no que se refere à prestação de serviço pelo Governo, e oferecer um canal confiável e atualizado onde o cidadão pode sanar suas dúvidas antes de ir ao órgão em questão”, explica Thiago, que também é um dos coordenadores do projeto.

Na plataforma, a busca é simples e os usuários podem procurar as informações necessárias pelo caminho que preferirem: pelo tipo de serviço ou por órgão. Ao clicar no serviço, é possível saber quem pode realizá-lo, as etapas que o cidadão deve seguir, o local de atendimento e demais informações.

“Atualmente, dentre os serviços catalogados no nosso site, 279 são da área de saúde e 118 estão relacionados à documentação. Além deles, os serviços das temáticas de economia e finanças, transporte e água e saneamento também fazem parte dos que estão em maior número na ferramenta”, afirma.

Segundo o superintendente, os órgãos que mais disponibilizaram serviços no site foram a Secretaria de Estado da Educação (Sesau), com 243 serviços, a Secretaria da Fazenda (Sefaz), com 53, a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), com 42, e o Instituto de Tecnologia em Informática e Informação (Itec), com 38.

“É um trabalho de parceria e que facilita os trâmites não só para o público final, mas otimiza o trabalho dos próprios órgãos, porque as pessoas já passam a contar com o Guia e conferem seus documentos antes de serem atendidas. Estamos indo para a quarta fase de implementação do site no Estado e os serviços de mais de 27 instituições serão incorporados à plataforma, que deve ficar ainda mais completa para os usuários”, explica o superintendente.

Mais acessados

Ainda de acordo com os dados da Seplag, o serviço que mais vem tendo acessos no Guia é o da 2ª Via de Carteira Nacional de Habilitação. Depois dele, a população alagoana tem procurado mais informações sobre a emissão de contracheque, realizada pela Seplag e sobre a 2ª via da fatura da conta de água, emitida pela Casal.

Para o secretário executivo de Planejamento e Gestão da Seplag, Tadeu Barros, a participação dos órgãos no projeto é indispensável para garantir que o Governo possa amadurecer, cada vez mais, o processo de otimização de entrega de serviços à sociedade.

“O guia não é um projeto da Seplag, é um projeto de Estado. Eu digo que numa gestão pública, uma das grandes etapas é a gestão para cidadania, onde o cidadão tem que ser o centro das políticas públicas, e o guia é um grande exemplo de como estamos trabalhando essa questão. Enquanto servidores, nós temos que servir da melhor forma possível a população, e essa ferramenta é algo que solidifica ainda mais a preocupação que temos em mostrar à sociedade as diversas maneiras pelas quais a administração pública pode auxiliá-la”, afirma Tadeu.

Segundo a Seplag, a expectativa é que, após a última fase de implantação do Guia, informações sobre mais de 1000 serviços possam ser encontradas na plataforma. Para acessar a ferramenta, basta clicar aqui