Previdência Complementar

PLANEJAMENTO, GESTÃO E PATRIMÔNIO

Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio

Vai depender da situação individual de cada um, devendo ser levando em consideração o tempo de serviço público, a data prevista de aposentadoria, a existência de dependentes ou beneficiários, o tempo que se pretende participar do regime de previdência complementar, possibilidade de mudança de cargo ou carreira, entre outros fatores. Enfim, não há resposta única que sirva para todos servidores ou membros de Poderes.
Portanto, a decisão de migração precisa ser bem avaliada, sendo necessário entender que qualquer escolha envolve se submeter a algum nível de risco.
Quando o Plano de Benefício for aprovado pela Autarquia Federal supervisora, a Fundação de Previdência Complementar disponibilizará simuladores de reservas, benefícios e rentabilidade, de modo a ajudar na decisão de migração ou permanência no plano.